Pular para o conteúdo principal

Choose Your Language - by Google

Sobre a Sua Privacidade


Acho importante que você saiba  o seguinte sobre sua privacidade enquanto navega no calor da Forja de Hefestos:

O que são cookies?

Cookies são pequenos arquivos enviados automaticamente pelo servidor de rede ao seu disco rígido quando você acessa qualquer site. Estes arquivos são usados pelo servidor para manter um rastro sobre o padrão de suas preferências. Numa visita posterior à Forja, os servidores reconhecem o cookie e usam as informações armazenadas fazendo com que a página abra mais rápido, além de selecionar o que melhor lhe sugerir, desde artigos no blog até propaganda, tudo baseado na sua navegação na web. 

Obs: os cookies não lêem nada do seu disco rígido.

Quais cookies a Forja pode estar usando?
  • Este Blog tem suporte dos serviços do Google e está sujeito às suas políticas de privacidade .
  • Fornecedores de terceiros em geral, inclusive o Google, usam cookies para veicular anúncios direcionados, com base nas visitas anteriores dos usuários.
  • Com o cookie DART, o Google e seus parceiros podem selecionar anúncios para seus usuários baseados nas visitas feitas aos próprios e/ou a outros sites na internet.
  • Os usuários podem desativar o uso do cookie DART acessando a página de desativação de publicidade
  • Se preferir, você pode ainda desativar o uso de cookies de fornecedores de terceiros acessando a página de desativação da Network Advertising Initiative.
Políticas do  Blogger

A Forja utiliza a plataforma Blogger.

Qualquer dúvida sobre as Políticas do Blogger acesse o link: Políticas de Conteúdo do Blogger

Sobre a interatividade da Forja

Foram tomadas medidas no sentido de garantir que qualquer pessoa possa interagir com a Forja, a partir do perfil de qualquer rede social ou mesmo anonimamente desde que respeitadas as condições impostas na introdução de apresentação dos cometários.

Fiquem à vontade comentar nossos artigos com a garantia de que sua privacidade será respeitada.

Copyright 

Licença Creative Commons
O conteúdo textual do Blog Forja de Hefestos de Paulo Gomes está licenciado com uma Licença

O todo ou parte dos textos aqui publicados podem ser copiados  e publicados desde que se atribua o mérito ao autor, se possível incluindo o link de referência.
Não é permitido o uso comercial dos textos da Forja de Hefestos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Economia - Estaleiro Mauá, Ainda Não é o Fim

Crise do setor naval é mais caótica do que possa parecer
Como você se sentiria se pudesse abrir uma empresa onde não fosse obrigado a investir em novas tecnologias? Onde não fosse preciso buscar a diversificação ou novas metodologias de trabalho, nem buscar o aperfeiçoamento da gestão empresarial, nem nada disso de que depende a sobrevivência das grandes empresas? Se você pudesse continuar a cometer os mesmos equívocos que no passado levaram empresas no mesmo ramo a fechar as portas e mesmo assim continuasse contar com crédito ilimitado no mercado, não importando o quão primários fossem os erros empresarias cometidos? E mesmo assim continuasse a ter prioridade em contratos milionários com a maior empresa estatal brasileira, sem o risco de ser incomodado pela concorrência de empresas estrangeiras? Provavelmente você julgaria ter alcançado o paraíso comercial.
Pois é exatamente assim que se sentem os donos de estaleiros navais. Não importa o que eles façam de suas empresas ou quantos erro…

Opinião - Cleptomania Não É Crime

Comecemos pelo óbvio. Embora a cleptomania não seja um crime, pode levar as pessoas a cometer um crime tipificado no código penal. Dependerá de um juiz aceitar ou não a alegação do distúrbio como atenuante, mas o fato é que, uma vez que a pessoa roube, ela cometeu um crime. Então vamos repetir para não perder o fio da meada: cleptomania não é crime, mas o ato de roubar mesmo quando provocado pela compulsão é.

Jornalismo - O "X" do Triplex

"- Fala companheiro, Tudo tranquilo?
- Você falou de um esquema...
- Ah, tá. É o seguinte... Sabe a Cooperativa? Então. Eu vou mandar construir um prédio inteiro só pra gente... Isso... pra diretoria... Em Guarujá. Você vai ficar com a cobertura, claro."
...
"É... Ninguém precisa pagar nada. Vou cobrar cota extra dos bancários. Eu dou os papéis de 'cotas' pra vocês, assino uns recibos e, para todos os efeitos, vocês são cooperados. Mas tem que declarar, senão vai sujar... Vou passar as mais baratas, só para constar. Não tem erro."