Pular para o conteúdo principal

Choose Your Language - by Google

Política - Derrota Imperdoável

Itamar_Franco
O Partido dos Trabalhadores e o Lula nunca vão perdoar Fernando Henrique Cardoso.
Depois de ter usurpado a liderança do movimento popular que culminou no Impeachment do Collor, Lula e o PT estavam certos de que sua hora havia chegado.
O povo estava com Lula. Eles venceriam as eleições com ampla margem de votos.
Eles só não contavam que o Vice-Presidente Itamar Franco ao assumir o governo pudesse em pouco tempo revolucionar as bases da economia brasileira lançando um projeto audacioso e tão bem engendrado quanto o Plano Real, que teve ninguém menos do que Fernando Henrique como articulador.
Eles até tentaram arrancar Itamar Franco da presidência através de um ilegítimo processo de impeachment quando viram a força do plano econômico junto ao povo, mas não obtiveram sucesso.
E perderam a eleição logo no primeiro turno.
Nunca na história deste país se perdeu uma eleição praticamente ganha de forma tão humilhante. Eles não perderam a eleição para um homem. Nem para um nome de peso na política. Eles perderam para um programa de governo muito bem fundamentado, que apresentou resultados objetivos deste o primeiro momento em que foi lançado.
Mas o pior ainda estava por vir.
Como último ato de um governo que foi atacado, insultado e caluniado por todos os lados pela oposição revanchista do PT, Fernando Henrique Cardoso conseguiu aprovar no apagar das luzes de seu mandato uma lei que exigiria responsabilidade dos governantes que viessem depois dele.
Essa mesma Lei de Responsabilidade que agora ameaça tirar o PT do governo definitivamente.
Tudo culpa do FHC.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Economia - O Conto do Vigário

Ninguém sabe ao certo como começou nem a origem do nome. Mas quase todo mundo sabe como funciona o Conto do Vigário. Alguém aparece com a promessa de lucro mirabolante. E tudo o que se tem de fazer é um pequeno investimento para levar uma grande vantagem. O folclore popular conta a história de um vigarista que, há muito tempo, convenceu uma rica família carioca de que seria procurador dos herdeiros do francês que projetou o Cristo Redentor. E vendeu o para os ricaços, prometendo que eles passariam a ter os direitos sobre a visitação da estátua.

Jornalismo - O "X" do Triplex

"- Fala companheiro, Tudo tranquilo?
- Você falou de um esquema...
- Ah, tá. É o seguinte... Sabe a Cooperativa? Então. Eu vou mandar construir um prédio inteiro só pra gente... Isso... pra diretoria... Em Guarujá. Você vai ficar com a cobertura, claro."
...
"É... Ninguém precisa pagar nada. Vou cobrar cota extra dos bancários. Eu dou os papéis de 'cotas' pra vocês, assino uns recibos e, para todos os efeitos, vocês são cooperados. Mas tem que declarar, senão vai sujar... Vou passar as mais baratas, só para constar. Não tem erro."

Economia - O Brasil e a Construção Naval

Em setembro de 1997 o BNDS expediu um relatório que pretendia expor as razões da derrocada da atividade de Construção Naval no país que fez com que caíssemos da 2ª posição no ranking mundial, e 1ª na América Latina, deixando mesmo de figurar entre os 20 países melhor colocados. O conhecimento de tal relatório é de importância fundamental para os que querem entender em que pé nos encontramos agora que retornamos ao cenário mundial e levantamentos indicam que ocupamos a 6ª posição no ranking. 
Porque, apesar de ter sido elaborado há quase 20 anos, o relatório traz informações aplicáveis a atual conjuntura. Entre outras coisas ressalta-se a certeza de que não aprendemos nada com os erros do passado. Continuamos a apostar no protecionismo  e no comprometimento do Estado em prol da incapacidade administrativa dos donos de Estaleiros e Armadores nacionais. Com resultados bastante previsíveis.