Pular para o conteúdo principal

Choose Your Language - by Google

Ciência - Racismo, Até Quando?

Darwin defendia extinção dos menos habilitados
Charles Darwin
O racismo, a segregação da humanidade baseada na variedade étnica, tem um histórico difícil de ser rastreado até suas origens. Mas é constrangedor constatar que as maiores atrocidades feitas em nome da falsa premissa de que certas etnias são superiores às demais, e que por isso as inferiores devem ser subjugadas e até mesmo extintas para o bem da humanidade, remonta a menos de três séculos. Baseiam-se em alegaçõess pseudo-científicas, propostas por pesquisadores preconceituosos. E mesmo hoje, depois que a verdadeira prática científica provou que não existe razão para a classificação da espécie humana em raças distintas, os preconceitos travestidos de juízos científicos publicados há algumas poucas décadas ainda tem inspirado o horror.


"Entre selvagens, os fracos de corpo ou mente são logo eliminados; e aqueles que sobrevivem exibem comumente um estado vigoroso de saúde. Nós, homens civilizados, por outro lado, fazemos o que podemos para barrar o processo de eliminação. Nós construímos asilos para os imbecis, os aleijados, os doentes, criamos institutos para os pobres, e nossos médicos exercem sua maior habilidade para salvar a vida de cada um até o último momento. Assim, os membros mais fracos das sociedades civilizadas propagam sua espécie. Ninguém que tenha assistido à criação de animais domésticos tem dúvidas de que isto deva ser altamenteprejudicial para a raça do homem. É surpreendente como logo uma falta de cuidado, ou cuidado mal dirigido, leva à degeneração de uma raça doméstica, mas com exceção no caso do próprio homem, dificilmente qualquer um seja tão ignorante para permitir que seus piores espécimes se reproduzam."
Chales Darwin em "A Descendência do Homem" (The Descent of Man), 1871
-----------------------------

Leia mais:
https://www.algosobre.com.br/biologia/origem-do-homem-e-o-preconceito-racial-a.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Economia - O Fundo do Poço

No final de 2015, até meados de 2016, muitos torciam para chegarmos logo ao fundo do poço, na esperança de que, não tendo mais para onde descer, começássemos a subir. Os mais pessimistas avisavam que seria bom não encontrarmos um lamaçal que nos prendesse no fundo por muito tempo.

Justiça - Ineditismos

Mais uma vez o Judiciário se vê envolvido em polêmicas, sendo acusado de interferir no funcionamento do poder Legislativo. Uma acusação grave, que coloca em questão o princípio básico da autonomia dos poderes constituídos.

Artes - Desconstrução dos Mitos

Na medida em que as redes sociais se desenvolveram, aumentou as cobranças por um posicionamento político e ideológico, tanto das pessoas umas com as outras nos seus relacionamentos virtuais, quanto para com artistas nas suas relações com o público.